O que faz um Community Manager

Ao contrário do que se possa pensar, um community manager não passa o dia a ver memes e vídeos do YouTube. Vá, não só, pelo menos. Apesar de que isso possa fazer parte da “job description”, o trabalho de um community manager tem muito mais fatores — por sinal, bastante interessantes — envolvidos.

Ao contrário do que se possa pensar, um community manager não passa o dia a ver memes e vídeos do YouTube. Vá, não , pelo menos. Apesar de que isso possa fazer parte da “job description”, o trabalho de um community manager tem muito mais fatores — por sinal, bastante interessantes — envolvidos.

A essência da função de um Community Manager (CM, para encurtar a coisa) é a ligação da empresa à, como o nome o diz, à comunidade. Através de várias ferramentas de análise utilizadas em redes sociais, fóruns e blogs, o CM consegue perceber quais são as impressões do público acerca de determinada empresa ou organização, e, também, tenta fomentar a proximidade entre eles, engajando em conversações e eventos live para aumentar a confiança e lealdade da comunidade para com a entidade. Ao criar e implementar programas que promovem a interação entre os espectadores e os permite comunicar não só com a entidade mas também entre si, o CM transmite os valores da empresa, não se tornando uma figura inatingível, mas sim mais uma peça dentro da comunidade.

Existem skills que são inerentes à função: é absolutamente imperativo existir uma paixão latente pela entidade ou marca que se representa, os seus princípios e convicções; não nos podemos esquecer que, no final de contas, o CM quer transmitir ao público aquilo que sente. É necessário também existir uma forte vertente comunicacional e vontade de ajudar. Gostar de multitasking também ajuda, pois um CM dá por si, mais do que se imagina, a ter múltiplas tarefas em mãos a qualquer momento.

No fundo, um Community Manager está aqui para ouvir. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *